Quatro Elementos

 

Ela transita entre a brisa do ar
E a ardência do fogo.
Entre a fluidez da água
E a firmeza da terra.

 

 

Sinergia da dança ❤

 

 

Anúncios

Sinergia Musical

Ela e a música são inseparáveis
a música e ela uníssonas são.

ela transpira ela
e ela respira ela.

Uma nasceu junto com o universo,
a outra o universo a concebeu.

Ela escapa em suas melodias,
a outra gratificada fica
por ter sido composta ela.

Ela transborda harmonia,
a outra felicíssima por ser cantarolada por ela.

Elas no fim, una são.

 

 

 

 

sinergia musical

Sem Parâmetros

Te amo!
Não em medidas,
Pois, não cabe nelas.
Nem em palavras,
Pois, não sei descrevê-lo
E sim, no sentir
E de te olhar,
Pois, não há nada que merça ou coloque parâmetros
Nos brilhos dos olhos,
No calor de um abraço
Ou no latejar do amor.

 

 

 

 

Whats, 01.08.2016

Sintonia nossa sinergia

Não sei descrever

 

Não sei descrever o que senti ontem.
Não sei descrever o que sentira aquela que estava em minha frente.
Não sei descrever a sensação de está dentro de uma flor, senti o ventre do nascimento.
Não sei descrever o gozo o gemido que eu sentia pelas mãos, pela boca e pela língua.
Não sei descrever o suor que estava ente nossas coxas e descendo em minhas costas.
Não sei descrever como é descobrir pontos novos, caminhos novos para chegar ao prazer.
Não sei descrever como senti-te por dentro e te devorar pelos olhos ao mesmo tempo.
Não sei descrever o que é contemplar uma mulher, indo ao seu ápice de forma tão plena e com sensações diferentes, a ponto de me levar nessa mesma viagem.
Não sei descrever como é ver essa mulher se descobrindo a alma, flutuando em seu esplendor.
Não sei descrever como é está no seu interior, sentindo cada pedacinho seu e a cada ponto que toco vejo-a plena reagindo de outras formas.
Não sei descrever como é acordar com um girassol ao meu lado.
Não sei descrever como é nosso bailar de minha língua tocando e chupando sua mão e ver você plena voando no universo do prazer.
Não sei descrever como é esta contigo.
Não sei descrever como é maravilhosa.
Não sei descrever como é te contemplar cada dia de manhã.
Não sei descrever como é a plenitude junto a ti.
É, não sei descrever como é esta ao lado seu.

A sinergia da sintonia transcende a pele, transpassa a alma.

Enviada em 14.12.16
Sintonia Sinergia

A moça

A moça sentada no banquinho.
A moça de chapéu me observa à espreita.
A moça de jaqueta preta.
A moça me manda um beijo de biquinho.
A moça sorri com os lábios.
A moça me olha de lado.
A moça hoje vai para casa e eu vou para minha
A moça talvez não saiba ou talvez saiba, o quanto é estranho dormir longe do corpo quentinho da moça.

 

 

whatsappimage2016-11-21at08-30-06

Seu sorriso me derrete e seu olhar me aquece moça

 

 

 

Resistência

Inarrável o bailar do corpo quase no fim da vida
como tinta quase extinta,
que insistia com seu mais profundo instinto em ser real nos seus milésimos segundos.
O tempo para ambas era como último suspiro.

A água queria dissolver a vida da pobre tinta da criação da pintora,
que via não só o reflexo de sua amada, mas a própria amada.
Lutando para existir e fazê-la existir.

 

dd6c354b8f6214118652fde206a6c59a-1

 

 

 

 

Texto Danieli Borgoni (inspirado em sonho).
Escrito 08.03.2016

Olhos

Moça de olhos cor de mel.

Moça de olhos intensos.

Moça que devora-me com os olhos,

peço-te moça, devora-me não apenas com seu olhar.

 

IMG_1046

…olhar mais intenso que esse não há… …inebriante, apaixonante…

 

De tantos olhares por aí, me encantei pelo seu.

Ele me eleva, sem asa delta

Apenas quero mergulhar e me afogar nele moça.

 

 

 

*03.12.2015 – 15:21hs

Uma cidade inteira se acendeu

“Vai se pôr o mundo
Por você e eu
Estrelas chegam junto
O sol se perdeu
Nesses olhos fundos
Nesses olhos teus

Uma cidade inteira se acendeu

Paz a Deus
Eu peço paz
E sol, areia branca
Que uma vida é tantas mais
Sonho meu
Eu peço sonho
Enquanto o tempo dança
Por que tudo cansa e vai…”

 

tumblr_n10bn1WcCx1sl2l0zo1_500

 

 

Música: Sol e Água Limpa – Sérgio Britto

Ir Embora

Ir embora é importante para que você entenda que você não é tão importante assim, que a vida segue, com ou sem você por perto. Pessoas nascem, morrem, casam, separam e resolvem os problemas que antes você acreditava só você resolver. É chocante e libertador – ninguém precisa de você pra seguir vivendo. Nem sua mãe, nem seu pai, nem seu ex-patrão, nem sua empregada, nem ninguém. Parece besteira, mas a maioria de nós tem uma noção bem distorcida da importância do próprio umbigo – novidade para quem sofre deste mal: ninguém é insubstituível ou imprescindível. Lide com isso.

É preciso ir embora.
Ir embora é importante para que você veja que você é muito importante sim! Seja por 2 minutos, seja por 2 anos, quem sente sua falta não sente menos ou mais porque você foi embora – apenas sente por mais tempo! O sentimento não muda. Algumas pessoas nunca vão esquecer do seu aniversario, você estando aqui ou na Austrália. 

Esse papo de “que saudades de você, vamos nos ver uma hora” é politicagem. Quem sente sua falta vai sempre sentir e agir. E não se preocupe, pois o filtro é natural. Vai ter sempre aquele seleto e especial grupo que vai terminar a frase “Que saudade de você…” com “por isso tô te mandando esse áudio”; ou “porque tá tocando a nossa música” ou “então comprei uma passagem” ou ainda “desce agora que tô passando aí”.

                
Então vá embora. Vá embora do trabalho que te atormenta. Daquela relação que você sabe não vai dar certo. Vá embora “da galera” que está presente quando convém. Vá embora da casa dos teus pais. Do teu país. Da sala. Vá embora. Por minutos, por anos ou pra vida. Se ausente, nem que seja pra encontrar com você mesmo. Quanto voltar – e se voltar – vai ver as coisas de outra perspectiva, lá de cima do avião.
As desculpas e pré-ocupações sempre vão existir. Basta você decidir encarar as mesmas como elas realmente são – do tamanho de formigas.

 

Apenas seguir e nada mais.

                                                        Apenas seguir e nada mais.

Texto por: Fabrício Carpinejar via Engenheiro Andarilho.

Você é a única coisa que quero tocar

Você é a luz, você é a noite
Você é a cor do meu sangue
Você é cura, você é a dor
Você é a única coisa que quero tocar
Eu nunca soube que poderia significar tanto, tanto

Me deixe te levar além dos nossos satélites
Você pode ver o mundo que trouxe à vida, à vida

Aparecendo, desaparecendo
À beira do paraíso
Cada pedaço da sua pele é um santo graal que tenho que encontrar
Só você pode acender meu coração
Sim, vou te deixar determinar o ritmo
Porque não estou pensando direito
Minha cabeça está girando, não consigo mais ver com clareza
O que está esperando?

“Apenas”

Me ame como você ama, me ame como você ama
Me toque como você me toca, me toque como você me toca

 

 

Houve um tempo…

Houve um tempo, em que todas as mulheres eram sagradas. Em que eram vistas como Deusas, como senhoras de seu próprio destino.
Houve um tempo, em que o corpo era sagrado, em que o sexo era uma prece. Em que homens e mulheres respeitavam-se e reverenciavam-se.
Houve um tempo em que a mulher era feiticeira, faceira, tecelã, curandeira, parteira.

A mulher banhava-se na natureza, perfumava-se com jasmim.
Andava de pés descalços, corria pela mata.
Usava compridas saias, rodadas, coloridas, leves.
Dançava para ela, dançava para a vida, dançava para seduzir, dançava para fertilizar.
Sua voz era como o canto da mais bela ave. Sua beleza era fascinante, encantadora. Era aos poetas a inspiração e aos músicos, canção.

A mulher era rendeira, cozinheira, mãe, sagrada, admirada. De joias e pedrarias era adornada e, da natureza, sua maquiagem retirava.
Onde está esta mulher? Em que fase da história ou período ela perdeu-se? Onde devemos procurá-la?

Na verdade, esta mulher-sagrada ainda existe. Está imersa em outras formas, em outras faces, em outros costumes. Mas se priva, se poda, se adapta, se escraviza… E não lembra do que já foi em sua totalidade.

Hoje esta mulher é empresária, médica, advogada, policial, recepcionista, dona-de-casa, política, enfermeira, escritora, estilista. Ela ainda está aqui, mas não lembra quem realmente é. Perdeu a memória. Esqueceu-se de sua sacralidade, de sua divindade, de sua superioridade.

Mulher!

Coloca tua saia rodada, penteia-se com o orvalho, tira o sapato dos pés.
Permita-se bailar com o vento, satisfazer seus desejos, impor sua vontade.
Permita-se amar, realizar, cantar.
Permita-se sentir bela, amada, desejada, sentir prazer.
Permita-se fazer aquilo pelo qual tua alma anseia.
Permita-se honrar a Deusa, ao Deus, à natureza.
Permita-se viver a tua vida, e ser a senhora absoluta do teu destino.

Mulher, dentro de ti há tantas outras, que tu ignora totalmente.
Será você fértil doce e maternal como Deméter?
Ou vingativa como as três Fúrias?
Quem sabe arrebatadora e feroz, como as Harpias.
Talvez seja feiticeira, sábia e misteriosa como Hécate.
Ou soberana e dotada de magia como Ísis, mãe dos egípcios.
Um tanto implacável, forte e destemida como Kali.
Encantadora e misteriosa como as Nereidas.
Quem sabe é curiosas como Pandora.
Confiável e mensageira, como Íris. Ou justa como Têmis.
Talvez seja sensual, impulsiva e totalmente movida pela paixão, como Afrodite.
Ou seja, selvagem como Ártemis.
Pode ser que seja repleta de cores e amores como Eros.
Ou então maléfica como Éris.

Mas… Possivelmente, sejas todas elas juntas!

Mulher, vem!
Resgata o teu papel, o teu feminino sagrado, tua ancestralidade.
Não tenha medo de seguir a luz, de se entregar ao Sol. Muito menos de mergulhar nas trevas do submundo, das fogueiras, dos encantamentos.

Prove de todos os reinos e sabores, permita-se viver intensamente cada instante.
Siga seus instintos e extintos.
Seja simplesmente você.
(Autor desconhecido)

mulher-corpo-silhueta-20111021-size-598

“Sua beleza era fascinante, encantadora. Era aos poetas a inspiração e aos músicos, canção”

bf2dd11b095435f7e78204c7cce7b264

Dançar com o vento… Ela dançava com ela mesma…

Fonte: https://www.facebook.com/313190912116942/photos/a.320884334680933.1073741825.313190912116942/536071203162244/?type=1&theater

Quem é ela?

Seu cheiro é apaixonante, suave, doce, ardente. Uma mistura de frutas exóticas, madeira e flores que me lembra uma música caliente e poesia. Que gruda em minha pele, impregnando cada átomo de meu ser até minh’alma.

Seu toque é como brisa suave de uma manhã de outono. Ao toque aveludado de tuas mãos em meu rosto fecho os meus olhos, suspiro e aguardo silenciosamente para que esse momento nunca se acabe apenas se eternize.

Sua beleza é rara como uma pérola negra, um diamante rosa. E assim como o diamante, sua beleza emana de dentro para fora, que aos olhos de um leigo passam despercebidos, sem saber diferenciar uma raridade de algo comum. Quantos não confundiram você pedra rara e preciosa com um cascalho por aí.

Sua sensibilidade é sem tamanho. Consegue sentir além das paredes do entendimento humano e transmiti-la nas mais lindas palavras. Palavras essas que tocam a alma suavemente.

Seus olhos cor de mel com alguns tons verdes, cor de terra, castanho uma mistura linda e perfeita de uma paleta de cores. Passa firmeza, atitude, personalidade, sentimento, emoção, esperança, e as vezes dor. Mas como o Christian disse para Satine em Moulin Rouge, o que eu quero dizer é que tem os olhos mais lindo que já vi.

Seus mistérios em minha mente quero desvendar-los…

Aaaah! (suspiro). Quem é ela? (grito interno) Quem, quem, quem (pausa)… Quem é ela?

Como o oceano, ao teu lado você me faz transbordar, descanso em ti como o mar deleita-se na areia da praia.

Quem é ela?

Ela é simplesmente inenarrável.

tumblr_mn0rrtZgqj1rcw5eoo1_500 tumblr_static_tumblr_mklb97syye1qgubi8o1_500_large

*Poesia

Ela Une Todas As Coisas

Ela une todas as coisas
Como eu poderia explicar
Um doce mistério de rio
Com a transparência de um mar

Ela une todas as coisas
Quantos elementos vão lá?
Sentimento fundo de água
Com toda leveza do ar

Ela está em todas as coisas
Até no vazio que me dá
Quando vejo a tarde cair
E ela não está

Talvez ela saiba de cor
Tudo que eu preciso sentir
Pedra preciosa de olhar
Ela só precisa existir
Pra me completar

Ela une o mar
Com o meu olhar
Ela só precisa existir
Pra me completar

Ela une as quatro estações
Une dois caminhos num só
Sempre que eu me vejo perdido
Une amigos ao meu redor

Une o meu viver
Com o seu viver
Ela só precisa existir
Para me completar

 

 

* Poesia

Prazer em conhecê-la moça…

Prazer em conhecê-la moça, por onde andou?
Eu posso te mostrar coisas incríveis
Magia, loucuras, paraíso, pecado…
Te vi ali, e eu pensei

“Ai meu Deus, olhe esse olhar, esse batom vermelho?”
Eu consigo te ler como uma revista
Não é engraçado, os rumores voam
E eu sei que você já ouviu falar de mim
Então, ei, chega mais perto de mim
Estou louca para saber como acabará
Pegue seu passaporte e a minha mão
E vamos voar…

Então, irá durar para sempre
Ou acabará em chamas corpos suados
Vai te deixar sem fôlego…

Lábios de cereja, céu de cristal
Eu posso te mostrar coisas incríveis
Beijos roubados, toque aveludado
Você és diamante, e eu apenas o lapidário*.

 

 

 

*Lapidário: É o profissional que se utiliza de equipamentos para modelar, lapidar, pedras brutas.

É ele quem dá o brilho e fascínio às pedras que a natureza produz. Sem o trabalho do Lapidário a pedra não teria um centésimo do brilho que vemos.

É ele quem “desnuda” a gema, para que se mostre por completo.

 

 

Texto adaptado da tradução da música Blanck Space de Taylor Swift

http://www.vagalume.com.br/taylor-swift/blank-space-traducao.html

Atos e Sentimentos

“Somos donos de nossos atos, mas não somos donos de nossos sentimentos.
Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos.
Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos.
Atos são pássaros engaiolados. Sentimentos são pássaros em voo.”

Mário Quintana

4f2ec81032b611e28fba22000a1fb1a7_7_large

Quanto tempo pode durar uma eternidade? As vezes um segundo.

 

 

tumblr_mcm0p1xCaq1rtb4i7o1_500

Aveludado és o toque de suas mãos em meus rosto.

Meu bem

“Meu bem não sabes
como queria estar
em sua pele, em seus braços
em cada pulsar do seu coração”1

Como quero estar
em seus lábios, em seu olhar
em cada centímetro do seu corpo.

Me deleitar, me acalmar
me encontrar e me perder,
no infinito do tempo curto de um segundo em ti.

 

Não precisa ter sentido... ... precisa ser sentido

não precisa ter sentido…
… precisa ser sentido

 

 

 

1 – Texto de Vanessa Neves, 946 Poesia

Teu…

Teu caos, tua loucura, tua confusão, me fascina cada dia mais.
Tua espontaneidade, tuas caretas, teus gestos, arrancam os risos mais sinceros dos meus lábios.
Teu olhar, teu sorriso, aquecem-me nesse frio de outono.
Não  importa o lugar, a hora e  nem essa  distância de 15km que nos separa nessa noite fria.
Não importa as circunstâncias, apenas estarei ao teu lado de janeiro a janeiro.
Teu… teu… teu…
…………………. apenas conquistou-me pelo teu tudo.

 

 

image

 

 

 

Viva!

Viva Intensamente o hoje, pois, o amanhã pode não existir.
Aproveite essa dádiva chamada presente.
Curta cada raio de sol, cada brisa no rosto, cada sorriso.
Cada abraço, cada música, cada beijo, cada dança.
Cada conquista, cada passo, cada choro, cada olhar.
Cada momento, cada segundo.

Então…
Viva, Viva, Viva…
Apenas Viva intensamente!!!
Pois um dia será seu último suspiro,
O avião cairá e as luzes se apagaram.

_________________________________

“Os controladores de voo avaliam com cuidado a situação.
Obviamente a pane foi grande”

(…)

Na hora mais escura da noite

Eu procurarei no meio da multidão
Seu rosto é tudo que vejo
Eu lhe darei tudo

(…)

Não temos a eternidade
Amor a luz do dia está se acabando
É melhor você me beijar
Antes que nosso tempo se esgote
Ninguém vê o que vemos
Eles só contemplam em vão
Amor leve-me
Antes que apaguem as luzes
Antes que nosso tempo se esgote
Amor, me ame com as luzes apagadas

(…)”

– XO – Beyoncé –

_________________________________

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente,
antes que a cortina se feche e a peça termine
sem aplausos.”

–  Charles Chaplin –

_________________________________

Fonte: http://www.vagalume.com.br/beyonce/xo-traducao.html

Sim…


“E eu vi que eu podia mais do que eu sabia

Eu vi a vida se abrir pra mim
Quando eu disse sim

Eu disse sim pro mundo
Eu disse sim pros sonhos
E pra tudo o quê eu não previa
Sim pro inexplicável

(…)

E eu podia mais, do que eu sabia”

(Sim – Sandy Leah)

Apenas

Apenas

 

Ou…

"E eu vi que eu podia mais do que eu sabia Eu vi a vida se abrir pra mim Quando eu disse sim (...) E eu podia mais, do que eu sabia" (Sim - Sandy Leah)

“E eu podia mais, do que eu sabia” (Sim – Sandy Leah)

 

P.s.: Para mim mesma… rs

Oásis

Me perdi no infinito, por uma eternidade, naqueles poucos segundos em seu olhar.

Foi  um oásis num deserto, a visão que tive dentro do seu ser. Me saciei,  me deleitei, me lambuzei em seus lábios. Não queria do seu lado sair.

“Quando eu sinto a intensidade dos teus olhos consumindo os meus, o mundo inteiro transcende a paz num total silêncio das guerras cotidianas travadas até aqui. … como quem devora todo e qualquer espaço, que eu por descuido ainda guardo. Abraço teus olhos, mergulho no verde mel que eles transparecem (…)  descubro que paz, a gente encontra onde tem sintonia…”¹

 

 

image

Que visão arrebatadora

 

 

 

¹ Natália Brandão, http://omocoeoocio.tumblr.com/post/82236941323/quando-eu-sinto-a-intensidade-dos-teus-olhos

Imaginar

Pensar em você é:

Imaginar, um dia com o céu azul pintado com algumas nuvens brancas, da qual, podemos como criança usar a criatividade e ver, as mais variadas formas. É;

Imaginar, o céu vestido de suas infinitas cores quentes num mais belo amanhecer. É;

Imaginar, uma noite em que todas as estrelas resolvem sair para bailar com todo o brilho do seu esplendor,  dando um toque todo especial no universo negro. É;

Imaginar, o vento tocando com leveza as folhas das árvores e tirando delas as mais belas melodias. É;

Imaginar, uma criança sorrindo. É;

Imaginar, um senhor de idade caminhando e desfrutando de cada momento sem pressa, aproveitando ao máximo da vida. É;

Imaginar, o mar com a água cristalina tocando a areia branca da praia com carinho, que só de olhar para ele, acalma meu coração, da mesma maneira que seu olhar tranquiliza minh’alma. É;

Imaginar, você beijando meu rosto, meus lábios, assim como a água da chuva toca minha face,  em uma noite deliciosamente chuvosa. É;

Imaginar, eu tocando em seu corpo, como um tocador de cítara, que ao de dedilhar cada corda, faz ressoar as notas mais perfeitas. É;

Imaginar, eu e você. É;

Simplesmente MARAVILHOSO.

Seu brilho é mais lindo que essas estrelas

Seu brilho é mais lindo que todas essas estrelas juntas

Lavando a alma

Como é bom lavar a alma na chuva

Chuva e beijo = combinação perfeita

Chuva + beijo, combinação perfeita

apenas...

apenas…

Singular e Plural

Amar. Perseverar. Errar.  Batalhar. Cantar. Lutar. Correr. Rir. Aprender.

Chorar. Ouvir.  Gargalhar. Crescer.  Dançar. Arriscar. Ajudar.  Chorar.

Agora vamos fazer um exercício.

Pegue uma folha e conjugue cada um desses verbos, somente no presente (o passado e o futuro não importam). Conjugue, apenas, na primeira pessoa do singular e na primeira pessoa do plural. No singular mostrará a sua força e a sua fragilidade, ou melhor dizer, o ser humano que és. E já no plural, simplesmente você enxergará e mostrará que precisamos uns dos outros para sobreviver nesse caos chamado mundo. Que a vida só, é sem graça. Que vamos mais longe, quando aprendemos a dividir nossas alegrias e tristezas. Lutas e vitórias.

Pegue a caneta e comece, sem perder tempo.

Vamos mais longe, se caminharmos de mãos dadas.

Vamos mais longe, se caminharmos de mãos dadas.

"(...) a vida só, é sem graça"

“(…) a vida só, é sem graça”

Forte ou/e Frágil. Sou humana apenas.

Forte ou/e Frágil. Sou humana apenas.

P.s.: Me conte o resultado, como se sentiu, o que passou na sua cabeça quando estava escrevendo.

Escolha. Medo. Decisão

Seguir uma decisão que envolve escolher um caminho, é difícil. Pois, toda vez que damos um passo à frente deixamos algo para trás.

Se observarmos ao nosso redor, veremos tantas pessoas paradas, com seus sonhos congelados, planos ainda no papel. E tudo por causa de um sentimento chamado medo ou das palavras e/ou perguntas torturadoras, “E se?”, “Será?”, “Mas…”.

Isso nos provoca o medo da mudança, de deixar algo para atrás para dar espaço ao novo. Medo de dar uma reviravolta na vida, pois, está  tão confortável assim, numa vida quietinha, com tudo no seu devido lugar, que pensa: “pra quê mudar?”.

E assim diariamente vemos funerais de sonhos.

 

 

1° - A Escolha

1° – A Escolha: Vem mais perguntas do quê respostas em sua cabeça. “Será que vale a pena abrir mão?”, “E se eu fracassar?”, “Estou fazendo a escolha certa?”, “E mas? E se?”

 

tumblr_lq5fbvW5vD1qgsza5o1_500_large

2° – Os Primeiros passos. Andar no desconhecido é confuso requer firmeza e confiança em si.

 

3° - As coisas começam a se encaixarem. Você começa a ter segurança da sua decisão.

3° – Auto conhecimento: As coisas começam a se encaixarem. Você começa a ter segurança da sua decisão.

 

 

4° - Contemplação. Felicidade. Você se sente completo.

4° – Contemplação. Felicidade. Você se sente completo.